segunda-feira, 22 de junho de 2009

E o forró???

Saudades do blog! Mas tá complicado escrever, porque aqui no trabalho quase nunca há tempo e em casa, quando eu não estou “graxeirando”, quero mais é ficar de perna pro ar ou vendo outras coisas na net. Mas vâmo lá...

Mais de 20 dias de endereço novo, e as coisas vão tomando seu lugar. Depois do susto inicial e da correria absurda pra montar apartamento e começar novo emprego, consigo relaxar mais e me localizar melhor em SP, with a little help from my friends, claro... não só dos que estão na cidade, como também daqueles que ligam, mandam e-mail e, quando não, aparecem pra me fazer uma visitinha [e olhe que já foram vááários... :)].

Tenho me sentido melhor com as mudanças. E todo mundo quer saber onde eu estou morando, o que eu estou fazendo, se eu tô gostando do trabalho, se eu tô bem... e junto sempre vem aquela pergunta: “Tá sentindo falta de Aracaju???

Não quero ser injusta, mas apesar da adaptação ‘complicada’ aqui em SP, não sinto vontade [ainda] de voltar a Aracaju. Arriscaria até dizer que se não fossem pelos bons amigos e pela família não voltaria tão cedo...

Talvez o tempo passe e eu releia esse post pensando em como as coisas [mais uma vez] mudaram e como eu tô louca pra voltar a Buraca City. Será??? Tenho plena consciência de como o mundo dá voltas, então não duvido...

Na verdade, fora a família e estimados amigos, sinto falta de certas situações que Aracaju me proporcionava, como ser atendida no Ferrero pelo nome, almoçar em casa, dirigir [estou sem carro aqui], saber onde ficam todas as lojas dentro dos shoppings, e até - pasmem - do clima de forró da cidade nessa época do ano. Se isso é sentir saudades, até que estou sentindo... mas só de pensar em voltar à vida aracajuana sinto calafrios!

Sabe aquela frase clichê “A gente só dá valor as cosias quando perde?”. É mais ou menos isso... digamos que não é uma questão de dar valor ou não, é que o ser humano é muito cheio de vontades, né?! Quando tem alguma coisa à mão despreza, mas quando não tem mais fica saudosista... olha só eu, falando sobre o São João do ano passado: http://tolicessa.blogspot.com/2008/06/junho.html
Quanto desprezo... :p

De fato, lembro de passar vários períodos juninos sem botar a cara num forró sequer, até porque forró nunca foi minha praia [prefiro um bom carnaval, como falei a 1 ano atrás no post mencionado], por outro lado, lembro de outros períodos muito bons, curtindo com os amigos embaixo de chuva, como foi o caso do ano passado.

Infelizmente temos que abrir mão de momentos e pessoas pra poder viver novos momentos e novas pessoas.

Sem bandeirolas penduradas e fogueiras nas ruas, longe de casa me pergunto:

E o forró?
‘Deve’ tá ficando lindo, lindo, lindooooo...

ForróXacomigo, São João 2005

Capela, São Pedro 2007

Arraiá da Mamah III, 2008


Arraiá da Mamah III, São João 2008

Forró dos Uzeda, São João 2008

Forrocaju, São João 2008

3 comentários:

Maíra Maynart disse...

como é que na foto do ARRAIÁ DA MAMÁ não tem a foto da MAMÁ ??????

o forro tá lindo lindo lindo msm... tirando q esse ano foram só alguns míseros dias por causa da crise.. tá tudo ótimo...

hj é só fogueirinha, comidinhas e mtos fogos!!!

bjosss

Nany disse...

O forró tá ficando lindo mas passa rapidinho, são só alguns dias!!

Linda mesmo é a sua adaptação ai! :] Que orgulho da sua pessoa! huhuhuhu..

Continue contando suas aventuras, é uma boa forma das pessoas que te amam se sentirem mais "pertinho" de vc!!

Beijos de Naninha!

irineu xavier cotrim disse...

são paulo tem a liberdade , mas também tem a praça dos aflitos...